Praias

Curumuxatiba

Fuja do estresse, corra para este vilarejo no sul da Bahia

Marina Silva - 22/11/2008

Gosta de praia lotada de barracas, axé tocando nas alturas e muita gente? Então esqueça Curumuxatiba. Esse vilarejo do sul da Bahia é exatamente o oposto. O lugar ideal para fugir do estresse e relaxar do corre-corre da vida diária. Um recanto que ainda conserva o ar primitivo em muitos trechos de praias desertas. Mas que acolhe o visitante com muito conforto.

Fotos: Pedro Blander

cumuru

Praias desertas são sinônimo de tranqüilidade

Os nativos descrevam o clima do lugar: "Em Cumuruxatiba o tempo não tem pressa e a preguiça é mais gostosa". Cumuru, como a vila é apelidada, é um local tranqüilo, com mar de águas mornas emolduradas por falésias, amendoeiras, coqueirais e riozinhos que deságuam ao longo do litoral. A atmosfera típica de uma aldeia de pescadores, com acesso por estradas de terra batida para as cidades mais próximas e ruas ainda sem pavimentação.

A grande variação da maré é uma atração a mais desse vilarejo. Durante a rasante, as formações de corais ficam á mostra e é possível caminhar em determinados pontos por mais de um quilômetro mar adentro.  O fenômeno é tão marcante que deu origem ao nome da vila. Cumuruxatiba, na língua indígena Pataxó, significa grande variação de maré.

 vila

Calmaria na vila de pescadores

Uma atração à parte é a piscina natural formada por água do rio na entrada da cidade. Já o píer de madeira, construído na década de 60, impressiona pelo tamanho. São 600 metros de comprimento, o segundo maior do mundo em extensão. Tudo isso, junto com a exuberante natureza local, encanta os turistas e deixa um gostinho de quero mais na hora de partir.

 O rústico com conforto

A simplicidade da vila não é sinônimo de desconforto. No quesito serviços, há mais de 30 pousadas de diversas categorias e bons restaurantes de frutos do mar. As comidas típicas baianas formam a maior parte do cardápio dos bares locais. Mas, devido ao grande número de turistas que se radicaram na vila, há opções de restaurantes com culinária internacional, como o Mama África.

 vilarejo

Vilarejo mantém misto de simplicidade e conforto

Cumuruxatiba despertou para o turismo há 15 anos quando o povoado viu chegar os primeiros pontos de energia elétrica. Com a recém chegada da eletricidade, o pequeno povoado habitado por pescadores ganhou um pouco de conforto e começou a atrair cada vez mais turistas que se apaixonaram pelo lugar. Foi assim que surgiram pousadas, barracas de praia e restaurantes com um toque de pessoas de vários pontos do Brasil e do exterior, mas com muito respeito à natureza que ainda se mantém preservada.

 rios

Rios de água fria desembocam na praia e oferecem deliciosos banhos

Apesar de Cumuruxatiba ser uma dessas vilas típicas do litoral baiano, não tem uma vida noturna muito movimentada, com boites e casa noturnos que tocam axé e hits da moda. Aqui o clima da cidade convida para reunião de amigos na praia ao som de violão, um passeio sob o céu estrelado ou mesmo para o famoso luau organizado pelas barracas de praia. Quem quiser mais agito, Cumuruxatiba fica somente a 70km ao sul da eletrizante Porto Seguro, que mantém o ritmo frenético durante todo o ano.

Em Cumuru, sossego é a palavra de ordem.

Como chegar em Curumuxatiba

De carro segue-se pela BR 101. Quem vem do sul, deve entrar em Teixeira de Freitas. Os viajantes que partem do norte, entram em Itamarajú, até chegar em Prado. De lá, são mais 32km até o distrito de Cumuruxatiba. É importante lembrar de abastecer o veículo em Prado.

Os viajantes de ônibus devem fazer o trajeto em duas etapas: primeiro chega-se a Itamaraju ou Prado (Viação São Geraldo) e depois segue-se até Cumuruxatiba. Quem quiser economizar tempo, pode voar até Porto Seguro, cidade com aeroporto, mais próxima de Cumuru.

 

Onde ficar em Curumuxatiba

Hotel Cumuruxatiba: www.cumuruxatiba.com.br

Pousadas das Cores: www.pousadadascores.com

Pousada É: www.pousadae.com