Praias

Dunas de Marapé

Onde as cores alagoanas se encontram

4/7/2008
Luiz Vaz/Setur
Dunas de Marapé
Jequiá da Praia - Dunas de Marapé
Raquel Santos Na lista das 10 praias mais lindas do Brasil - segundo a mídia especializada - está Dunas de Marapé, a 65 quilômetros de Maceió, no município de Jequiá da Praia. Bela e exótica, Marapé, com suas areias brancas, é marcada pelo encontro das águas escuras da Lagoa de Jequiá com a imensidão azul turquesa do oceano atlântico. Por isso mesmo, a região é considerada uma explosão de vida marinha. O manguezal, que circunda toda a orla, é um grande berçário natural para inúmeras espécies de peixes, crustáceos e moluscos que fazem da culinária local, uma das mais ricas e saborosas de todo o Nordeste. Camarões, caranguejos, sururu e mariscos são a base de pratos que seduzem nativos e visitantes. Isso, sem falar dos inesquecíveis doces e compotas de frutas nativas, a exemplo da jaca, coco e carambola.

A vegetação se encarrega de completar este deslumbrante espetáculo de cores. Os resquícios da mata atlântica apresentam matizes de verde contrastados com o vermelho das folhas secas, que lembram a cor de massapé (terra propícia ao cultivo da cana-de-açúcar).

Para melhor receber as pessoas, um charmoso complexo turístico de mesmo nome foi construído neste impressionante cenário. E para chegar até lá, partindo-se da capital alagoana, leva-se menos de duas horas. Até as Dunas de Marapé, atravessa-se o povoado de Duas Barras, onde fica uma vila de pescadores. Além da vizinhança com o mar, o lugar é cortado pelos rios Jequiá e Poxi. A travessia para Dunas de Marapé - que dura cerca de cinco minutos - é feita pelo Jequiá por meio de escunas. Já na outra margem, uma pequena ponte dá acesso às dunas. No complexo de Dunas de Marapé, a recepção dos visitantes é feita no restaurante. Já acostumados à presença dos convidados, os animais selvagens da região não se escondem e até posam para fotos. Os micos fazem sucesso e encantam adultos e crianças. Mansos, comem na mão das pessoas e oferecem a cabeça para um breve cafuné.

Não deixe também de fazer caminhadas, mergulhar no mar de águas mornas e límpidas e passear de barco por entre a luxuriante vegetação de mangue, com direito a paradas para banho de rio. Além disso, aproveite a oportunidade para conhecer outras praias vizinhas. Este é o caso de Jacarecica do Sul. Emoldurada por falésias de um vermelho vivo que contrastam com o restante da paisagem, a praia é um dos pontos mais selvagens e desconhecidos dos 230 quilômetros do litoral alagoano. Os que possuem espírito aventureiro podem, ainda, seguir até a praia de Pituba. Localizada dentro de uma fazenda, o que torna o acesso mais difícil, ela é ideal para a prática da pesca de arremesso e passeios do buggy.

A última parada é o Povoado de Lagoa Azeda. Fundada há mais de um século e banhanda por águas agitadas, a praia é pouco indicada para a prática de mergulho e esportes náuticos, com exceção da pesca. A exuberância da vegetação local, com inúmeros coqueiros e mangues, impressionam e dão um ar selvagem ao local. Hospedagem Pousada da Manguaba Tel (82) 3260 1119 www.pousadamanguaba.com.br Residenza Casa Del Sole Tel (82) 3260 1870 Contato: beiramar@libero.it Village Barra Hotel Tel (82) 3272 1000 Contato: hotel@villagebarrahotel.com.br