Praias

PRAIA DE ILHA ANCHIETA



Quem está em Ubatuba, Litoral Norte de São Paulo, ou mesmo em suas imediações, não pode ficar sem conhecer a Ilha Anchieta. Segunda maior ilha do Estado, ela fica a apenas 500 metros do continente, embora, o acesso por barco faça a distância aumentar para cerca de 8km a partir do Píer do Saco da Ribeira, na Baía do Flamengo. Mas, isso não importa, afinal, o belo passeio de escuna ou mesmo através de embarcações particulares encantam o viajante.

Conhecer a Ilha Anchieta não se resume apenas em apreciar belas paisagens, o local, repleto de história, faz com que o turista volte além de informado consciente da importância da preservação da natureza.

Ilha Anchieta

Ilha Anchieta oferece:

Notícias da Praia de Ilha Anchieta


Dicas dos Viajantes

Fotos de Ilha Anchieta Envie sua foto Praia | Surf | Mergulho

Já conhece Ilha Anchieta ? Deixe seu Comentário

Como Chegar em Ilha Anchieta


Publicidade


Praias - Ilha Anchieta

Praias - Ilha Anchieta

Para os amantes da natureza, a Ilha Anchieta conta com sete praias e oito trilhas, porém, o visitante deve ficar atento, pois, nem tudo é liberado para ele. Ao chegar no píer, em frente à sede administrativa do Parque, há logo de cara duas praias divididas pelo próprio píer, a Praia do Presídio e a Praia do Sapateiro.

Para quem não quer ficar por ali e gosta de uma caminhada, duas trilhas autoguiadas (o visitante não precisa de guias) que levam para outras duas praias. A trilha da Prainha do Engenho não leva mais de dez minutos (530 metros) e é feita dentro da mata, durante o trajeto é possível ver capivaras, pássaros e sagüis. No final, a praia o aguarda. Se o visitante caminhar poucos metros por entre as pedras, poderá desembocar numa piscina natural formada pelas rochas, onde é possível ver diversos cardumes de peixes. Aqui, vale levar um snorkel!

A outra trilha autoguiada leva até à Praia das Palmas, de águas claras e calmas e areia fina. Ideal para quem não sabe nadar ou está com crianças. Durante o trajeto - que também leva cerca de oito minutos - o turista pode se deliciar com a visão dos costões da Ilha, de onde se pode ver tartarugas nadando, uma visão única e espetacular.

O viajante que quiser chegar até à Praia do Sul deverá agendar uma visita. Isso acontece porque a trilha que leva até o local só pode ser feita com monitores credenciados ao Parque. O trajeto leva cerca de uma hora e geralmente é feito em grupos.

Para visitar a Prainha de dentro só através de embarcação, não há ninguém do parque que leve o turista até o local. Normalmente barcos particulares ou de grupos de mergulho é que vão até esta praia.

Como já foi dito anteriormente, à Praia do Leste não pode ser visitada por ser um local reservado para a pesquisa. Vale lembrar que todas as praias da Ilha, com exceção da Praia das Palmas, são de tombo, portanto, quem não souber nadar deve tomar muito cuidado.

Ainda existem duas trilhas a serem feitas, porém, todas são monitoradas e devem ser agendadas, são elas: a trilha da Casa do Espia e a trilha da Represa. Outras duas trilhas são destinadas à pesquisa e fiscalização e fechadas ao público - Trilha da Pedra do Navio e Trilha do Saco Grande.


Voltar Ilha Anchieta oferece
História - Ilha Anchieta

História - Ilha Anchieta

Entre os séculos XVI e XVII a ilha era ocupada por índios, mas, passou a ser ponto de parada de navios que faziam a rota comercial litorânea no Estado de São Paulo, a partir de então o local ganha o nome de Ilha dos Porcos. Na época, a utilização desenfreada e sem cuidado da Ilha gerou a degradação da Mata Atlântica.

Porém, no século XX o Governo do Estado desapropriou o local e o transformou em uma Colônia Correcional, que em 1928 virou um presídio político, que funcionou até 1933.

No ano seguinte, a Ilha deixou de se chamar Ilha dos Porcos e recebeu seu nome atual, quando o presídio foi reativado. Em 1952, uma histórica rebelião aconteceu e três anos depois o local é desativado. Considerado como instituição de segurança máxima, houve uma fuga de presos muito bem armada, porém, frustrada. Embora tenha deixado muitos mortos, dos 400 detentos apenas um prisioneiro conseguiu fugir, todos os outros foram recapturados.

Após longos 22 anos de abandono, em 1977, a Ilha foi transformada em Parque Estadual pelo governador Paulo Egydio Martins. Hoje, o Parque Estadual da Ilha Anchieta é um dos 26 parques integrados à Rede de Unidade de Conservação, administrada pela Secretaria do Meio Ambiente de São Paulo, através do Instituto Florestal.

Atualmente, o Parque conta com um laboratório do Instituto de Pesca para estudos e 26 alojamentos reservados para pesquisadores, não sendo permitido a permanência na Ilha. Além disso, há uma trilha exclusiva para pesquisadores, que leva à Praia do Leste, local proibido para visitantes. Todo este esforço tem como único objetivo preservar a Mata Atlântica que restou, bem como as espécies animais oriundas ou não da Ilha e, claro, para que novas degradações não sejam possíveis.



Voltar Ilha Anchieta oferece
Visitas - Ilha Anchieta

Visitas - Ilha Anchieta

Existem diversas opções de escunas para se chegar ao Parque Estadual da Ilha Anchieta.
Operadoras de turismo e escunas particulares fazem o translado dos turistas até o Píer da Ilha em um trajeto que dura de 30 minutos à uma hora, dependendo do local de saída da embarcação.

As saídas acontecem basicamente no Saco da Ribeira, praia do Lázaro, praia da Enseada, praia do Itaguá e praia das Toninhas em um trajeto extremamente agradável, com opção de paradas em praias desertas durante o percurso.
As escunas também variam de número de passageiras que vai desde uma pequena embarcação, com capacidade para 20 pessoas, até as grandes com lotação total de até 140 pessoas.

Os horários também variam conforme a operadora e conforme e as saídas que só acontecem se for atingido um número mínimo de passageiros, mas com tantas opções sempre é possível achar uma embarcação com destino à Ilha. Em alguns casos as saídas são suspensas como em um dia de mar revolto ou de ressaca, o que inviabiliza uma navegação segura.

A duração do passeio vai de 4 a 5 horas sendo aproximadamente 30 a 40 minutos de ida, duas horas e meia de permanência na ilha e mais 30 a 40 minutos de volta. O preço do passeio varia de 10 a 30 reais dependendo da opção.

O Parque estadual da Ilha Anchieta fica aberto de segunda a segunda das 08h da manhã às 18h, menos as quartas-feiras, quando o parque fica fechado para a visitação.
Algumas operadoras têm um esquema especial para a alta temporada e neste caso vale a pena consultar as opções para maior conforto.


Voltar Ilha Anchieta oferece

Serviços / Hospedagem - Ilha Anchieta

Pousada Portal da Palmeira. Tel. (012)3832-6600
site: www.portaldapalmeira.com.br

Capitanias Village Hotel. Tel (12)3843-1096/(11)5561-1920
site: www.hotelcapitanias.com.br

Pousada Manobra. Tel: (0xx12) 3832.1656
site: www.manobra.com.br

Camping Rancho do Picapau. Tel: (12)3212-2666
site: www.ranchopicapau.com.br

Voltar Ilha Anchieta oferece

Serviços / operadoras - Ilha Anchieta

Agência Mykonos, partindo do Saco da Ribeira, baixa temporada 1 saída por dia as 11:00h. alta temporada 2 saídas: 14:30h, valor por pessoa de R$ 20,00 a R$ 25,00. Reservas e informações (12) 38420329.

Agância Ubatur, partindo da praia do Itaguá, baixa temporada 1 saída por dia: 11:00h, valor por pessoa R$ 22,00, alta temporada 2 saídas por dia: 10:00h e 15:00h, valor por pessoa R$ 27,00. Reservas e informações (12) 383221650.

Agência Rumo Leste, partindo da praia das Toninhas e praia da Enseada, baixa temporada 1 saída por dia: 11:30h, alta temporada: consultar agência, valor por pessoa: crianças até 5 anos cortesia / Crianças de 6 a 8 anos R$ 15,00 / acima de 8 anos R$ 25,00. Reservas e informações (12) 97221757.



Voltar Ilha Anchieta oferece
Crédito: Por: Luciana Fuoco Martins Fotos: Renato Boulos
Gostou? Então veja mais de 100 PRAIAS neste Guia