Praias

Parada Gay

Rio sedia Parada do Orgulho LGBT

Carla Vieira - 9/10/2008

Arquivo/Carla Vieira
Parada Gay
Evento é organizado pela ONG Grupo Arco Íris

Acontece em 12 de outubro, na praia de Copacabana, a 13ª edição do terceiro maior evento oficial da cidade do Rio de Janeiro, a Parada do Orgulho LGBT - Rio 2008. Organizado pela ONG Grupo Arco-Íris, na última edição o evento reuniu 1,2 milhões de pessoas entre gays, lésbicas, bissexuais, transgêneros e simpatizantes.

Com o evento, a orla carioca se enche de cores e fantasias. Famílias se encontram nas calçadas para assistir ao desfile que traz, pelo segundo ano consecutivo, a luta pela causa da criminalização da homofobia.

Este ano a Parada chama a sociedade para participar da luta contra a intolerância e o preconceito. Durante o desfile, dois trios estarão equipados com computadores e internet para possibilitar à população a votação a favor do Projeto de Lei 122/06 - Criminalização da Homofobia, que tramita no Senado A ferramenta democrática da internet será usada, através do site www.naohomofobia.com.br, para arrecadar um milhão de assinaturas.

participantes da parada gay do rj
Participantes lutam contra a intolerância e preconceito/Arquivo Carla Vieira

Para a festa, a 13ª Parada do Orgulho LGBT contará com 25 trios num percurso do Posto 6 ao Posto 2 da praia de Copacabana. A concentração será às 13 horas. A expectativa é de reunir o mesmo número de participantes do ano passado. Segundo os organizadores, a realização da Parada em um dos principais cartões postais do Rio garante ao evento uma visibilidade nacional e internacional. "Os principais veículos de imprensa de todo o país e agências de notícias internacionais dedicam generosos espaços editoriais à cobertura daquela que é a primeira Parada do Orgulho LGBT realizada no Brasil, considerada pela sociedade, comunidade LGBT e formadores de opinião como a mais bonita do mundo", destacam.

As Paradas, no mundo todo, são financiadas pelas prefeituras e governos, além de contar com grandes marcas como patrocinadores. No Brasil, vem tendo o apoio de diversos órgãos governamentais e de empresas privadas. Neste ano, o evento conta com o patrocínio do Ministério do Turismo, Petrobrás, Vale do Rio Doce, Secretaria Especial de Políticas para Mulheres, e com apoio do Governo do Estado do Rio de Janeiro e da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro; além da Ambev, Rádio FM O Dia, Jornal O Dia, Jornal Meia Hora, Revista Indiscretus.

Hospedagem para o público LGBT no Rio de Janeiro

Consulte a agência Rio G Travel que traz listagem de hotéis para o público LGBT http://www.riogtravel.com Pousadas e Hotéis no Rio de Janeiro, veja outras opções

Rio de Janeiro, no Guia do litoral, veja mais...