Praias

Santos tem boas opções de filmes gratuitos e a preços acessíveis


Clássicos, musicais, vencedores do Oscar e muito mais. Nos próximos dias, os amantes da Sétima Arte terão uma agenda recheada de boas opções e com muitas atrações gratuitas. Desta quinta-feira (1) até o próximo dia 7, o Cine Arte Posto 4 - Sala Rubens Ewald Filho (Posto 4, na praia do Gonzaga) exibe a produção brasileira e argentina Pela Janela, com direção Caroline Leoneque. Conta a história de Rosália (Magali Biff), uma operária de 65 anos que dedicou a vida ao trabalho em uma fábrica de reatores da periferia de São Paulo.  

Certo dia ela é demitida, mas recebe o apoio do irmão José (Cacá Amaral), com quem vive. Ele resolve levá-la em uma viagem de carro até Buenos Aires, com o objetivo de distraí-la. No país vizinho, Rosália vê pela primeira vez um mundo desconhecido e distante de sua vida cotidiana. Sessões às 16h, 18h30 e 21h. Os ingressos custam R$3,00 (inteira) e R$1,50 (meia). Classificação: 10 anos.

Ainda no Cine Arte, durante o mês de março, em homenagem às mulheres, haverá programação especial com filmes de diretoras de diferentes países. Entre dias 8 e 14, a atração será a produção Mulheres Divinas (Suíça), de Petra Biondina Vope; de 15 a 21 tem Histórias de Amor que Não Pertencem a Esse Mundo (Itália), de Francesca Comencini; de 22 a 28 de março está programada a exibição do filme alemão Lou, de Cordula Kablitz-Post. A agenda em homenagem à mulher termina entre os dias 29 de março a 4 de abril, com a Jovem Mulher (França), de Léonor Serraile.

Miss destaca Carmem Miranda

Já na sexta-feira (2) tem cinema de graça no Museu da Imagem e do Som de Santos - Miss (Av. Senador Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias - piso térreo), às 15h30, com a exibição do filme Aconteceu em Havana, que tem Carmem Miranda como uma das protagonistas. A programação faz parte do ciclo A Pequena Notável, em homenagem à atriz e cantora nascida em Portugal, mas que levou o nome do Brasil aos quatro cantos do mundo.

O filme traz a história da vendedora Nan Spencer (Alice Faye), que faz uma viagem de navio para Havana, em Cuba. A companhia de navegação pede a troca da passagem para outro navio, mas Nan é a única a recusar a oferta. A companhia pede que seu executivo Jay Williams (John Payne) a acompanhe de forma a garantir uma boa estada em Havana.

Na cidade, o caçador de fortunas Monte Blanca (Cesar Romero), namorado de Rosita Rivas (Carmen Miranda), acha que Nan é uma ricaça e que poderá cobrir as suas dívidas de jogo.

Após a exibição do filme ocorre bate-papo com o maestro e diretor-geral do Broadway Voices, Fernando Pompeu, dentro do projeto "Cine BV", uma parceria do Coral Cênico Broadway Voices com o Museu da Imagem e do Som de Santos.

Obra-prima do cinema é dica na Cinemateca

 A programação cinematográfica gratuita na Cidade reserva para o sábado (3), às 20h, na Cinemateca de Santos (Rua Ministro Xavier de Toledo, 42, Campo Grande), a Mostra de Cinema Ingmar Bergman - 100 Anos. A atração da noite é o filme Noites de Circo, que se passa no interior da Suécia, onde uma decadente companhia circense se prepara para um novo espetáculo.

 O diretor do circo, Albert, vive uma relação infernal com sua jovem amante, Anna. A situação piora quando ela se deixa seduzir por um ator local. Incompreendido pelo público e pela crítica na época de seu lançamento, o filme é um drama sobre o mundo do espetáculo e é considerado umas das obras-primas de Bergman.

Miss dedica semana ao Oscar

No mês da festa máxima do cinema norte-americano, o Oscar, o Miss exibe, de graça, quatro ganhadores da categoria de Melhor Filme. A primeira sessão, na terça-feira (6), traz o filme Asas, de 1927. Ganhador da primeira edição do Oscar, que ocorreu em 1929, o longa-metragem conta a história de dois amigos norte-americanos que se juntam ao 30º Esquadrão do Exército, na França, durante a Primeira Guerra Mundial. As sequências de combate aéreo estão até hoje entre as melhores da história de Hollywood.

Também no Miss, no dia 7, às 19h, o projeto do coral cênico Broadway Voices promove sessão do filme Charity, Meu Amor. Na trama, Charity Hope Valentine (Shirley MacLaine) procura sempre ver o lado positivo da vida, apesar de trabalhar em um salão de baile decadente e enfrentar uma série de encontros românticos ruins.

Decidida a encontrar o amor, Charity se apaixona pelo ator Vittorio Vidal (Ricardo Montalban), mas o romance não dura. Subitamente, o destino a coloca presa em um elevador com o introvertido Oscar Lindquist (John McMartin), sua possível alma gêmea.

Fonte: Prefeitura de Santos

1/3/2018